Tatuagem de roleta de casino

Entre as tatuagens de jogos mais populares podemos facilmente encontrar uma tatuagem de roleta de casino. Numa simples pesquisa na internet por “tatuagem de roleta de casino” facilmente temos um retorno de milhares de imagens.

Porque é a tatuagem de roleta de casino tão popular?

A tatuagem de roleta de casino, tal como as outras tatuagens relacionadas com o jogo, representam boa sorte e fortuna. E claro: todos querem a boa sorte do seu lado. É por isso que estas tatuagens são cada vez mais populares entre apostadores e não só.

Que tipo de tatuagens de sorte existem?

Além da tatuagem de roleta de casino existem centenas de tatuagens que são consideradas tatuagens de sorte:
Tatuagens de póquer, jogos de cartas, jogos de dados: se você é um jogador irá querer fazer uma tatuagem relacionada com o jogo em que geralmente aposta e com o qual deseja que a sorte lhe sorria. No entanto este tipo de tatuagens nem sempre é procurado por apostadores (apesar de serem as principais pessoas que normalmente procuram tatuagens deste género). Símbolos como o trevo de quatro folhas, uma joaninha e ferraduras (entre outros) são também considerados símbolos de boa sorte e frequentemente associados a tatuagens. Os seus utilizadores acreditam piamente que este tipo de símbolo lhes irá dar boa sorte em todos os campos da sua vida.

Tatuagens e Superstição

Todos nós temos as nossas razões para fazer uma tatuagem. Desde os tempos mais remotos que as tatuagens estão ligadas à superstição, crenças pessoais, costumes culturais ou tabus.
Desde a pré-história que os humanos marcam o seu corpo com tatuagens como marca de orgulho, classe social, beleza ou mesmo método de cura para alguma doença que julgavam ter. Em Portugal, França e Escandinávia foram encontradas ferramentas usadas para tatuar com mais de 12000 anos. A tatuagem mais antiga de que há registo foi descoberta numa múmia (congelada) por um casal de alpinistas nos Alpes orientais em 1991. Estima-se que tenha aproximadamente 5300 anos. Existem também registos de tatuagens nas tribos célticas e germânicas assim como nos antigos egípcios.
Nem sempre as tatuagens foram uma arte popular. Com o aparecimento do cristianismo as tatuagens eram consideradas uma tradição bárbara. Com o tempo os tatuadores começaram a ser mais eficientes e a partir dos anos 60 voltaram a ser populares com o movimento hippie.
As tatuagens apareceram, praticamente ao mesmo tempo, em diferentes partes do mundo. Diferentes estilos e táticas foram utilizadas e desenvolvidas de forma diferente dependendo do local de origem e objetivo.
Hoje a colocação de uma tatuagem está mais ligada a motivos estéticos.